quinta-feira, maio 25, 2006

vamos apoiar a Selecção Nacional!



Estava eu muito descansado sentado frente à pantalha (écran do computador) a ler alguns e-mails, daqueles da treta, quando me apercebi de um "miau, miau, renhau" ao meu lado.
Desviei os olhos do écran e dirigi o olhar na direcção de onde vinha o som.

Era o Pasoca, que de cachecol ao pescoço, me dizia naquele linguarejar que só os gatos e as bruxas entendem, que devemos todos sem excepção, humanos e demais animais, apoiar a Selecção Nacional.

Compreendi-o, não por eu ser gato ou bruxa, mas porque com o tempo tenho-me familiarizado com as nuances do seu discurso, e porque o cachecol ao pescoço não deixava margem para dúvidas, se as houvesse.

Percebi que ele pretendia transmitir aquela mensagem a todos os portugueses, aqui, em todo o mundo, periferia e arredores, e que, na sua inocência felídea, achava que a melhor forma de o fazer era deixar-se fotografar de cachecol ao pescoço, numa assunção plena das suas opções e dos seus valores pátrios.

Concordei com ele, é claro, e lá nos dirigimos para a marquise, onde o fotografei, languidamente espojado em cima da máquina de lavar a roupa.

Aqui fica em suporte fotográfico a importante mensagem do Pasoca!


foto: © josé antónio/pasoca 2006

quarta-feira, maio 17, 2006

porquê?

Não, hoje não venho fazer nenhum protesto, publicar algum desenho ou dar alguma informação.

Hoje quero apenas partilhar convosco estas três fotografias, das cerca de 60, que no último sábado tirei ao entardecer, no Centro Náutico Moitense, junto ao esteiro da Moita, quase no fenecer de uma magnífica e plácida tarde aí esplendidamente passada.

A razão de ser do título do post é que, depois de ter fruído aquela maravilhosa tarde, em local tão belo, pergunto a mim mesmo: Porquê? Porque carga de água com tantos locais tão bons para passar momentos agradáveis aqui bem perto de nós, as pessoas ADORAM, e insistem em, ir para lugares longínquos gastar uma pipa de massa...!?

Será para mostrar as fotografias aos amigos, que esperam fiquem roídinhos de inveja? Comigo não resulta. Vão para Paris, Londres, Los Angeles, Agadir, Berlim, New York, Caracas, Rio... para o raio que os parta. Eu, sempre que puder, vou passar o sábado à MOITA!

Enjoy:






fotos: © josé antónio 2006

domingo, maio 07, 2006

Gato Pedra - Maria de São Pedro



A minha Amiga e Escritora MARIA DE SÃO PEDRO endereça-nos a todos um convite para o lançamento do seu mais recente trabalho - "GATO PEDRA".
Anote na sua Agenda: o evento terá lugar no dia 19 de Maio pelas 19 h. na Fnac do Cascais Shopping.

Os meus agradecimentos à autora pelo simpático convite e os meus Votos de que seja um sucesso e um acontecimento memorável!

quinta-feira, maio 04, 2006

Feira do Livro de Alg�és

Já lá fui. O post está AQUI

um subtil assédio...


Provavelmente isto acontece ou já aconteceu a todos vós...
Aconteceu-me a mim ontem e já não é a primeira vez.
Hoje achei que devia lançar aqui o meu protesto contra estas situações, não só em relação à empresa directamente envolvida, mas relativamente a muitas outras com as quais acontece o mesmo.

Passemos aos factos:
Quando regressei a casa, como é de costume, verifiquei a caixa de correio.
Até aqui nada de novo nem de anormal. É um hábito que todos temos.
Talvez a única coisa pouco normal é que o meu vício é tão tamanho que chego a ver se há correio aos sábados, domingos e dias feriados... É um dos meus, poucos, vícios. Adoro a sensação de inserir a chave na ranhura da minúscula fechadura da caixa de correio, abrir a portinhola e espreitar com estes, que a terra há-de comer, para o interior daquela... devo sofrer de voyeurismo epistolar...

No interior da mesma estavam dois envelopes nevados (brancos e frios). Também nada disto merece a intervenção do CSI ou dos X-Files visto tratarem-se das habituais continhas para pagar.
Levei os ditos-cujos para casa e, também como é hábito, abri-os para verificar os valores, datas de pagamento, etc., aquelas coisas do costume.
Todos os meses nos temos que haver com este ordálio que consiste em percebermos o que gastámos afinal para justificar os exorbitantes valores que as empresas nos cobram.
Mas enfim, parece que já nos vamos habituando a essa estranha contradição que é gastarmos pouco e pagarmos muito...

Ao conferir a factura da PT qual não é o meu espanto (mentira, já nada me espanta), quando vi que estava a dia 3 e a data limite de pagamento era 5... faltavam 2 dias!
Claro que fiquei irritado por ter um prazo tão limitado para 'organizar' as contas, e apeteceu-me enviar-lhes um email com os últimos sucessos da Romana em anexo.
Mas depois acalmei, tive a intuição que era vingança pesada demais e pior que um envelope com Antraz ou encher-lhes o ar condicionado de Sarin, e achei por bem ver qual a data de emissão da factura. E não é que a mesma foi emitida dia 20 de Abril, há cerca de 13 dias !!!

Tenho a suspeita de que se lhes (PT) perguntar o porquê deste desfasamento, provavelmente darão a resposta típica que consiste em desculparem-se com os correios, os CTT... e se perguntar a estes provavelmente dirão que não têm registado atrasos na correspondência nos últimos tempos...
Em verdade, acho que estou mais virado para acreditar nos CTT.

Aqui para nós, que ninguém nos ouve, serão estes 'atrasos' uma subtil e sinistra estratégia de ASSÉDIO para nos levarem a optar pelo designado 'DÉBITO DIRECTO' (que tantas vezes nos tentam impingir), através da criação do desconforto e das dificuldades causadas por estes prazos apertados?
Não sei, não...

p.s.: Acho que um destes dias as facturas ainda começam a aparecer com data limite no próprio dia em que chegam pelo correio... ou com data limite no dia anterior à recepção... Quem te avisa teu amigo é!

imagem: © josé antónio 2006. Digitalização da factura supra considerada. PROIBIDA A REPRODUÇÃO sem autorização expressa do autor.


MORRA O DANTAS, MORRA, PIM !!!

segunda-feira, maio 01, 2006

vai ao mar, tóino...


Da Newsletter da CONFIQUATRO, de 26 de Abril de 2006, cito esta notícia que me parece de interesse para todos os que adoram o mar:

"Portugal vai ser palco de mais uma Regata de Grandes Veleiros que irá fazer escala em Lisboa entre os dias 20 e 23 de Julho. Esta regata denominada "Golden Jubilee", comemora o cinquentenário da "1`Regata de Grandes Veleiros", que se realizou entre Torbay, na Inglaterra, e Lisboa, em 1956.

Depois da realização de grandes regatas de veleiros da CUTTY SARK TALL SHIP'S RACES denominadas Lisbon Sail 1982, Colombo 1992 (saída de Lisboa), Prince Henry Memorial-Porto 1994 e Vasco da Gama Memorial - 1998, Lisboa prepara-se para reunir em Portugal cerca de 100 veleiros e mais de 3.000 jovens tripulantes oriundos de todas as partes do mundo.

Um verdadeiro espectáculo náutico ao qual não pode faltar!"

Este é sem dúvida um bom argumento para levar os seus filhos até à beira-mar e assistir ao fascinante espectáculo que constitui a passagem dos gigantescos veleiros rumo ao alto-mar. Eu já anotei na Agenda !!

foto: Cordame do navio-escola Esmeralda, fotografado em 25 de Abril de 1992 ao largo de Cascais aquando da regata Colombo © josé antónio 2006.