sábado, dezembro 16, 2006

o menir de Abanaxota I

.

A nossa equipa de arqueólogos, coordenada pela Professora Doutora Maria Alice de Penedo e Calhau, conseguiu erectar (colocar de pé, alevantar o alisando) o menir Abanaxota I, do séc. V a.C., descoberto a ca. de 12 quilómetros da aldeia Abanaxota, no deserto Ribalgarb.
Trazemos hoje uma imagem do referido megalito Abanaxota I, colhida pouco depois de atingida a sua erecção máxima.

A Junta de Freguesia espera que este seja um forte incentivo para incrementar as visitas turísticas ao local. Para o efeito foi já levantada a pouca distância uma barraquinha de mines e sandes de courato.
O Presidente da Junta confidenciou-nos mesmo que o slogan da campanha promocional do local irá ser algo no género:
"Abanaxota. O prazer de Olhar e Tocar a Beleza da Natural Dureza!"

Mais informações em: http://www.jf-abanaxota.pt/

desenho: © josé antónio 2006
.

sexta-feira, dezembro 08, 2006

terça-feira, dezembro 05, 2006

a foto da minha vida

.

Todos aqueles que fotografamos queremos fazer A FOTO...

Tiramos dezenas de milhar de fotografias ao longo da nossa vida. Sempre em busca daquela foto...
Que nunca alcançamos porque somos demasiado exigentes e isto coloca-a num patamar inalcançável.

Até que olhamos para o nosso grosso e pesado acervo fotográfico e percebemos que nunca faremos a tal fotografia, pelo simples motivo de que... já a fizemos!

Essa que é a fotografia da nossa vida. A FOTO!
Aquela que sintetiza todo o nosso ser, a nossa essência.
Mesmo que tecnicamente nem seja das melhores, isso é um pormenor de somenos. O que conta é que ela expressa tudo o que somos e tudo o que temos dentro de nós, todas as nossas emoções e sentimentos, todas as nossas visões, toda a nossa paixão pelo mundo.

À foto da minha vida, tirada num dia invernoso de chuva, na Praia da Torre, no dia 11 de Dezembro de 1984, dei, há muito tempo, o título

fernão capelo gaivota

CLIQUE PARA AMPLIAR

fotografia: © josé antónio 2006


sábado, dezembro 02, 2006

segunda-feira, novembro 27, 2006

terça-feira, novembro 21, 2006

PIDPB

.
Continuamos hoje a apresentar o nosso PIDPB:

Plano Integrado de Divulgação dos Pequenos Bugs.

O qual consiste numa apresentação dos bicharocos que de quando em vez aparecem neste scriptorium, talvez para fazerem um pouco de companhia ao solitário cattu (Felis silvestris catus), de seu nome Fausto António Basílio (Pasoca, para os amigos).

Este plano, PIDPB, começou com uma siphonaptera AQUI, passou por estes bugs AQUI e continuou nesta apicula AQUI.

Dei por este 'ilustre' visitante, que agora aparece, quando ao olhar na direcção da estante, me apercebi da sua presença esvoaçante parede acima, a caminho da perigosa lâmpada (acesa).

Se lhe chamo ILUSTRE é porque, tendo tantos títulos como os que de seguida transcrevo, só pode provir de boas famílias:
Reino Animalia; Filo Arthropoda; Classe Insecta; Super-ordem Endopterygota; Ordem Hymenoptera; Sub-ordem Apocrita e Super-família Apoidea.
Claro que o vulgo, na sua infinita e incontornável ignorância, trata-o simplesmente por abelha, abelhão, vespa, zangão ou outra coisa similar, conforme o grau de intimidade que tenha com ele.

Dizia eu que me apercebi do seu esvoaçar suicidário em direcção à lâmpada. Podia tê-lo advertido do risco que corria. Mas já sei como estas coisas são. Ninguém me dá ouvidos e ele não o iria fazer, nem que seja pelo simples facto de não os ter...
Pouco tempo depois, levantei-me e ao passar no local notei a sua presença imóvel caído no soalho. Não mexia nem uma perninha ou uma asinha. Ainda pensei fazer-lhe respiração boca-a-boca, mas não tinha a certeza se ele tinha lavado os dentinhos hoje... A sua imobilidade era tão premente que me convenci decididamente que ele estava morto. Com o respeito que os mortos me merecem, levantei-o do chão. E guardei a sua imagem para a partilhar com todos, antes de atirar o seu frágil corpinho para o cestinho dos papelinhos, onde repousa à espera que a Lei de Lavoisier dê provimento ao seu ser.

Eis as imagens, dorsal e ventral, do seu pobre e já gelado cadáverzinho, digitalizado em RGB a 300 dpi:




Dia 20 de Novembro de 2006

imagens: © josé antónio 2006 CLIQUE NELAS PARA AMPLIAR

n.b.: Tenho que divulgar bugs destes, porque uso MAC e os outros são-me desconhecidos...

sábado, novembro 18, 2006

eu sou...


.

... eu sou o mutilado...
... eu sou o tatuado pela vida...
... eu sou aquele em quem poder não teve a morte!



CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

imagem: © josé antónio 2006

segunda-feira, novembro 13, 2006

efeméride

.

Sto. Agostinho

O caminho do pecado é o caminho para a SANTIDADE...

13 de Novembro de 354. Ver AQUI

imagem de autor desconhecido 'picada' na net., aqui: http://www.ortodoxiabrasil.com/icones/santos/a/santoagustinhodehipona2.html

sábado, outubro 28, 2006

apicula

.
Damos continuidade ao plano integrado de divulgação dos pequenos bugs que de quando em vez aparecem neste scriptorium, talvez para fazerem um pouco de companhia ao solitário cattu (Felis silvestris catus), plano este que começou com uma siphonaptera AQUI e passou por estes bugs AQUI .

Eis a imagem duma apicula (Apis mellifera), capturada no chão, já fenecida, junto à porta da varanda Sul, no dia 27 de Outubro de 2006 e digitalizada em RGB a 300 dpi:




imagem: © josé antónio 2006 CLIQUE NELA PARA AMPLIAR

nota: Tenho que divulgar bugs destes, porque uso Mac e desconheço os outros...

sexta-feira, outubro 20, 2006

começou...

.
EU NÃO DISSE... !?

já começou...


imagem: © josé antónio 2006 CLIQUE NELA PARA AMPLIAR

quinta-feira, outubro 12, 2006

burgo

.
Há estórias que não se sabe como começaram e que parecem não ter fim.
Esta é uma delas:


A ela voltaremos certamente...

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

sábado, outubro 07, 2006

estava um quente dia de verão...

.

... e o prometido é devido, por isso:

Ewige Wiederkunft (1)




(1) Eterno Retorno


imagem: © josé antónio 2006 CLIQUE NELA PARA AMPLIAR

.

segunda-feira, outubro 02, 2006

sem boca...


... não se pode FALAR...

... não se pode CALAR...

... só se pode ABARDINAR... e ESPERAR... e ABARDINAR... e ESPERAR... e ABARDINAR... e ESPERAR...

ANDA, VEM !
VAMOS ABARDINAR ESTA BANDALHEIRA ENQUANTO ESPERAMOS !!


n.b.: Um grão de areia a mais numa praia não faz qualquer diferença. Um grão de areia no sapato debaixo do calcanhar pode fazer cair o governo...

imagem: © josé antónio 2006 CLIQUE NELA PARA AMPLIAR

a verdadeira estória de cnossos

Quantas vezes se nos coloca a questão de saber se as estórias que nos foram contadas e recontadas ao longo de milhares de anos correspondem efectivamente à verdade factual. Tantas...

Os nossos incansáveis investigadores foram uma vez mais, não sabem fazer outra coisa, à procura da VERDADE ESTÓRICA.
Após aturadas e prolongadas investigações, correndo, muitas vezes, perigo de vida, que esta existência de investigador de estórias é um mar que das rosas só tem os espinhos..., à custa de inúmeros sacrifícios, entre os quais se conta ter de ouvir cantar a Romana durante uma semana inteira, por mares e terras inexplorados, pelo menos por eles, finalmente transportaram até nós A VERDADEIRA ESTÓRIA DE CNOSSOS!

Aqui está ela, documentada num pergaminho do séc. V a.C.
A MINOCOW:

imagem: © josé antónio 2006 CLIQUE NELA PARA AMPLIAR

sexta-feira, setembro 22, 2006

as meias pretas do Zé


Está online no Estúdio Raposa, outro conto da minha autoria intitulado "as meias pretas do Zé", lido pelo Luís Gaspar. Está no Lugar aos Outros 19.

Pode fazer o download do mp3 AQUI.

Se dispõe do iTunes, pode fazer a actualização automática do podcast.
Se não tem o iTunes, faça o download AQUI, para Mac ou Windows.


Espero que o conto seja do seu agrado.
Boa audição!

imagem: 'picada' do site da TRUCA sem autorização... mas acho que eles não levam a mal! :)

quinta-feira, setembro 07, 2006

quente dia de verão XII - ETERNO RETORNO


e aqui termina, por agora, esta série... que um destes dias voltará integrada, renovada, numa continuidade conceptual... num outro trabalho que é o mesmo... ETERNO RETORNO...

imagem: © josé antónio 2006

quinta-feira, agosto 17, 2006

quente dia de verão II

From now on I'm not going to comment this drawings...
I whant you just to ENJOY them!!

!! GO !!

nota: o post abaixo "je suis un BOEF!" é o quente dia de verão I
ambos os desenhos: © josé antónio 2006

je suis un BOEF!

Prepare yourself for what is coming...
Today was a fucking day...
Be prepared and do'nt worry 'bout me...
I'm fucking over and above this all shit !!! SCREW'IT !!!


THIS IS JUST THE BEGINING... OF THE END...

ou como diria o tuga godinho " é o primeiro dia do resto da 'minha' vida.."

je suis un BOEF!

sábado, agosto 12, 2006

memórias dolorosas de 1995


o almejado curso de Queda Livre,
que todo o
BÓINA VERDE deseja...



o saudoso 'frigorífico com rOdas' PJ-92-47

o ainda mais saudoso 'pássaro azul' QA-74-97

os primeiros ensaios de 'pintura'...

a continuação do sonho...

imagens: © josé antónio 2006

quinta-feira, agosto 03, 2006

bonecando a propos du Portugal...

Hoje é dia de bonecar... there is a house in New Orleans... they call it the Rising Sun... Fuck off this BASTARDS!! Ou em português... com a vossa licença... por obséquio...
!!!!!! CARALHOOOOOO !!!!!!

This country is a pain in the ass!




desenhos: © josé antónio 2006

sexta-feira, julho 28, 2006

ÚLTIMA HORA!


Soubemos hoje através do Diário Digital que o primeiro-ministro português José Sócrates vai ter explicações com um professor particular, nem mais nem menos que o famoso especialista Lula da Silva.
Ao que soubemos a aula vai incidir, especialmente, sobre como tomar o poder à custa de vigarizar o povo fazendo de conta que se é um revolucionário cheio de ideias novas e redentoras e, depois de estar no poder, arrasar de vez com um país, estuporando tudo.
É conhecida a perícia e habilidade do industrioso explicador sobre esta temática, pelo que acreditamos que com esta aula, como dizem os nossos irmãos brasileiros, desta vez

PORTUGAL "VAI PARA O BREJO!!"

imagem: © ???

quinta-feira, julho 27, 2006

Tiago Lourenço


TIAGO LOURENÇO
Primeiro Lugar/Portugal no Concurso Europeu de Fotografia
ONE VISION


Saiba mais AQUI

imagem: a fotografia premiada © Tiago Lourenço.

domingo, julho 23, 2006

combata o stress sem sair de casa!



O STRESS é uma das doenças modernas da civilização, despoletada pelo ritmo alucinante e insensato em que todos vivemos. E é uma doença que pode ser fatal.
Por isso, se preza a sua saúde, não lhe dê chances, não deixe que ela se instale na sua vida, combata-a! COMBATA O STRESS!!

O que lhe proponho é a construção de um equipamento doméstico muito simples, para instalar em qualquer canto da sua casa, e usar quando sentir que está a ficar stressado/a.

Não necessita de grandes técnicas de construção. Bastam uns poucos materiais, alguns parafusos, e seguir o desenho que fiz para si, o qual é suficientemente explícito. Se quiser introduza-lhe pequenos ajustes à sua medida. Siga as necessidades específicas do seu corpo. Não há normas rígidas.

Depois de construído o equipamento, e instalado, p.ex., num canto da sala ou do quarto, vamos à sua utilização que também é deveras simples como verá.

Assim que se começar a sentir um pouco nervoso/a, ou antes se for capaz de prever que se vai enervar, dirija-se ao equipamento e posicione-se de frente para ele, com os pés ligeiramente afastados (cerca de 30/40 cm.) e com os braços caídos junto ao corpo e descontraídos. Aguarde um pouco para que o STRESS se vá instalando. Esteja particularmente atento/a a sinais como aceleração cardíaca, palpitações, suores frios, tremores das pálpebras, e tudo o que achar que possa ser sintomático. Assim que não tiver qualquer dúvida de que o STRESS lhe entrou no corpo, dê um grito à Tarzan, atire-se, salte com gana na direcção do poste, abrace este com energia, envolva-o com as pernas e amarinhe rapidamente por ele acima. Lá no alto, pare, estenda bem um dos seus braços, e com a mão em concha voltada para cima, APALPE O CU À CANECA!

Não se acanhe e apalpe lascivamente, como se estivesse a apalpar os seios da Dolly Parton (para eles) ou os peitorais do Richard Gere (para elas). Lembre-se: É a sua saúde que está em causa! Não há motivos para vergonhas!

Quando se sentir mais relaxado/a e perceber que o perigo passou, desça do poste - largue lá o cu da caneca, porra...! - e vá continuar a tarefa que entretanto interrompeu.

nota importante: Esta contribuição é health-ware, NÃO envie dinheiro. O meu NIB é: 1234567890987654321...

desenho: © josé antónio 2006

quinta-feira, julho 20, 2006

the Eagle has landed



20 Julho 1969, 4:17:42 pm Est

"Houston. Tranquility Base. The Eagle has landed" - Neil Armstrong


Ainda se lembram deste dia!?

quarta-feira, julho 19, 2006

quem tem MEDO do Oeiras Local?


Caro Visitante, o blog OEIRAS LOCAL, um espaço para falar abertamente de Oeiras, quase desde que nasceu tem sido alvo de um ataque concertado e inusitado, com a clara intenção de o calar.

A história do thriller, digna de figurar num episódio do CSI MIAMI, é um pouco longa e está toda AQUI

Boa leitura!

terça-feira, julho 18, 2006

bugs

Anda por aí uma bicharada muito esquisita. Nada que me surpreenda muito neste país cada vez mais anómalo que é o nosso.
Sim, só a anomalia, para não lhe chamar mesmo 'anormalidade', pode justificar que o senhor-gajo-com-nome-de-filósofo-grego, ainda esteja à frente dos nossos destinos, a fazer toda a espécie de tropelias que mais lembram um puto mimado à rasquinha para fazer xixi ou cocó...

Então esta 'ministra' da educação...
Uma verdadeira carraça chupista e mal parida, apostada em dar a machadada final numa 'educação' que nunca foi merecedora desse cognome.

Mas enfim, o que me traz aqui são outros bugs, não os do XP da micro$ofre, mas os verdadeiros. Aqueles que na nossa língua pátria se chamam "insectos" (do Lat. insectu).

Vejam estes dois magníficos specimen que catei hoje aqui no chão, um no escritório e outro na varanda:




E antes que alguém vá a correr feito um histérico à Protectora dos Animais dizer que sou um assassino empedernido, um psicopata, a encarnação de Mefistófeles, e que a Besta anda entre nós (anda sim senhor, mas está no governo...), declaro que os encontrei já mortos, pobres coitados...
Estavam caídos no chão, já finados, e com um pobre ar muito ressequido, certamente causado pela canícula que se tem feito sentir.
Não os matei nem os esborrachei, não senhor! Até porque nenhum deles tinha a cara dum certo primeiro-ministro que eu cá sei... o que eventualmente me poderia conduzir a um tresloucado acto de transferência da minha raiva sobre o pobre coitado do bug...

imagens: digitalização a 600 dpi dos ditos-cujos espécimes, © cv comunicação visual, Julho 2006

a siphonaptera


Estava eu posto em sossego... bom, isto é uma maneira muito lírica de colocar a questão postural, que o meu nome não é Leonor, mas seja, estava eu numa calma relativa, sentado em frente à pantalha — adoro esta palavra que me lembra escumalha, limalha ou maralha — do computador, quando de súbito senti um incomum e inusitado movimento por entre os pêlos do meu tornozelo destro.

Eu tinha a porta da varanda aberta de par em par por causa da pesada canícula, que nem de noite nos deixa sossegar, mas não estamos em sezão mosquiteira, pelo que só se podia tratar de outra coisa. De uma coisa que identifiquei rapidamente, é muito ano de prática.

Aquele movimento sinuoso por entre as minhas pobres pilosidades do meu castigado tornozelo direito só podiam ser sintoma da presença de uma pulica da ordem Siphonaptera. Sim, é isso mesmo. Uma malvada duma pulga... coisa de quem tem gato!

Sem grande pressa cruzei as pernas e procurei localizar a celerada, coisa que consegui rapidamente, pois também nisto tenho bastante prática. Depois foi só agarrá-la com as pontas dos dedos, enrolá-la para a entontecer e finalmente colocá-la sobre o tampo da mesa e esmagá-la com a unha. É mais ou menos o mesmo que matar um toiro em Barrancos. Primeiro encurrala-se o gajo, depois anestesia-se o cornudo com umas fintas e no fim dá-se-lhe uma traulitada para acabar com ele!

Acho que se eu fosse a Barrancos e usasse com um boi a minha técnica com as pulgas, a população entraria em delírio e certamente me levavam em ombros e me levantariam uma estátua! É melhor não ir lá...

Depois de esmagada a dita pulica, com a ponta do X-Acto coloquei-a gentilmente - há que respeitar a morte - sobre o vidro do scanner. E fiz três digitalizações, com o intuito de guardar uma imagem do pobre e inocente ser vivo, agora morto, para as gerações vindouras. A 300, a 600 e a 1200 dpi.
Destas apresento aqui a de 600 dpi, que foi a que ficou mais interessante e aproveitável.

Esta pulica safardanas nunca mais chupará o sangue a ninguém! — Zétó dixit.

imagem: © comunicação visual, Julho 2006

domingo, julho 16, 2006

aconteceu há 37 anos



Eram precisamente 13:32:00 UTC do dia 16 de Julho de 1969 quando o poderoso foguetão Saturno V subiu no ar, liberto da plataforma de lançamento A, no complexo 39 do Kennedy Space Center, na Florida, transportando a cápsula Apollo XI, com Neil Armstrong (comandante de vôo), Edwin E. 'Buzz' Aldrin (piloto do módulo lunar) e Michael Collins (piloto do módulo de comando) a bordo.

O seu objectivo encontrava-se a 384 000 Km e chamava-se Lua. A ela chegariam 4 dias mais tarde.

Aqui fica a minha singela homenagem a esse glorioso dia, que inundou o meu coração púbere de sonhos que continuam por cumprir.

quarta-feira, julho 12, 2006

conto do vigário...



Cá estou de novo a colocar questões relativas à utilização irresponsável do email.
Uma coisa para a qual as pessoas parece continuarem inconscientes é a necessidade de apagar os endereços que vêm à mostra nos emails que recebem e querem reenviar.

Recebo dezenas de emails, e muitos lá trazem no corpo da mensagem dezenas de endereços de pessoas para quem a mensagem foi enviada, que a receberam e reenviaram. Ou então vêm mesmo todos no cabeçalho, no campo 'Para'.

Acontece que existem técnicas para 'coleccionar' estes endereços que estão nos cabeçalhos e no corpo das mensagens. E os hackers e spammers conhecem-nas bem e utilizam-nas para conseguirem listas com milhares de endereços, que depois são usados quer para enviar spamm, quer para disseminar vírus.

Uma forma de lhes dificultar o trabalho é simplesmente, por um lado, ao reenviarmos um email, colocar os endereços dos nossos amigos não no campo 'Para' ou 'To', mas no campo 'Bcc' ou 'Cco', isto é no campo de 'cópia oculta' que esconde os endereços; por outro lado, deve-se apagar todos os endereços que venham no corpo do mail, o que é muito simples. Basta seleccionar com o cursor e carregar em 'delete'. Demora 2 segundos e pode poupar muitas dores de cabeça a muita gente!

Outra coisa que é boa ideia as pessoas fazerem é começarem a ser um pouco mais inteligentes. É que há coisas que só a ESTUPIDEZ justifica. Acreditar na veracidade duma mensagem como uma que recebi hoje e reenviá-la a dezenas de amigos, é um bom exemplo do que estou a dizer. A propósito a mesma trazia SÓ 411 endereços a descoberto... QUATROCENTOS E ONZE... Olha se eu fosse hacker ou spammer... "Obrigadinho oh pessoal!"

Vejam o teor da mensagem de que falo e digam-me se não é preciso ser MENTECAPTO e uma grande BESTA QUADRADA para acreditar numa coisa destas e reenviar a mensagem (o que aconteceu repetidas vezes, a julgar pelos endereços que a mesma trazia). Eis a 'pérola':

Olá a todos. Tenho recebido esta mensagem de uns amigos franceses e belgas e parece que está a correr sorrateiramente por toda a europa. Habitualmente, não costumo enviar/reencaminhar este tipo de mensagem do tipo "passa a palavra", mas esta é muito curiosa. A mensagem que recebi é da parte de uma advogada amiga de uns amigos chamada Séverine e ela garante que esta cena é a valer. Pelo sim pelo não, traduzi o mail que recebi e deixo cada um julgar por si. Mas se for verdade, não digam que não sabiam!!! Não há nada a perder. kissi's Eis o que ela me enviou: (mais ou menos.) "Sou advogada e conheço a lei. Não menosprezem a validade desta informação, isto é real. A AOL e a INTEL cumprirão a sua promessa pois têm medo de serem processados e pagar posteriormente indemnizações multimilionárias como no recente caso da PEPSI COLA contra a GENERAL ELECTRIC. Aparentemente, Bill Gates está a partilhar uma porção da sua fortuna. O MS WINDOWS continua a ser o sistema operativo mais utilizado, e isto não é mais do que um teste para a Microsoft e a AOL avaliarem isso pelo nº de envios/reenvios deste mail. Quando reencaminhar este mail, no caso de ser um utilizador de MS Windows, a Microsoft fará um seguimento dos reenvios durante 2 semanas. Quer isto dizer, que por cada pessoa que reenviar este mail, a Microsoft pagar-vos-á 245? independentemente do emissor); mais, por cada pessoa que reencaminhe o mail após vocês lho terem enviado, a Microsoft pagar-vos-á 243?. Após a 3ª pessoa que receber o mail, a Microsoft pagar-vos-á 241?. Em duas semanas, a Microsoft entrará em contacto convosco para confirmação de endereço postal e envio do cheque." Ela ainda acrescenta: (LEIAM!) Eu julgava que isto era uma burla, mas duas semanas após ter recebido e reencaminhado este mail, fui contactada pela Microsoft para dar o meu endereço. Recebi um cheque no montante de 24800 ?." (?!!) Deve responder antes que este teste termine, pois se alguém se pode permitir isto é bem o Bill Gates. Para ele, trata-se de uma despesa de comercialização/marketing. Provavelmente, não cooperaríamos com eles se não houvesse qualquer compensação." Ela conta ainda que a namorada do irmão recebeu um cheque de 4324,44?; a tia de uns amigos que trabalha na Intel recebeu mais ou menos o mesmo 4543,23?. Diz ainda: Como vos disse,conheço bem a lei e isto é real. A INTEL e a AOL estão a negociar uma fusão para tornarem-se na companhia mais abrangente do mundo e certificarem-se da continuidade como o sistema operativo mais utilizado. Este teste é uma experiência da INTEL e da AOL." Elis.
---

Fantástico, Mike! A Microsoft anda a dar dinheiro ao pessoal por reenviar este mail... A Microsoft é tão boa que até consegue 'fazer um seguimento' dos reenvios'... Como, Mike!?!? Espreita dentro dos milhões de servidores, de ISP's, que existem espalhados pelo mundo fora, Melga...!!! ;)

Então estas CAVALGADURAS não percebem que isto é um 'conto do vigário', que provavelmente se destina unicamente a caçar endereços!? Ou a outro qualquer fim sinistro, que coisa boa não deve ser porque cheira a logro a quilómetros?

imagem: © josé antónio 1989

e se os japoneses nos invadirem?

Como não sabemos o que o futuro nos reserva, que tal aprender a escrever o seu nome em caracteres KATAKANA (alfabeto japonês usado para nomes estrangeiros)?

Eis o meu:



Agora é a sua vez. Clique AQUI .

imagem gentilmente cedida pelo tradutor nipónico a quem daqui envio um grande Sayonara!

sábado, julho 08, 2006

recordar a História



8 de Julho de 1497 é uma data que fica na História, não só para os Portugueses, mas para toda a Humanidade, como uma das datas mais significativas de todos os tempos.
Dava-se nesse remoto dia início a uma das maiores epopeias do Homem.
Do Restelo, em Belém, após missa e comunhão, zarpava a Armada de Vasco da Gama. Objectivo: a Índia.

Constituída por 4 naus — a S. Gabriel, comandada por Vasco da Gama; a S. Rafael, comandada por seu irmão Paulo da Gama; a Bérrio, comandada por Nicolau Coelho e um velho navio de mantimentos, a ser incendiado quando vazio, comandado por Gonçalo Nunes —, a Armada de Vasco da Gama partia para uma das maiores aventuras de que há memória na História da Humanidade.

Uma viagem de ida e volta de 2 anos até Calecute, contornando a África pelos perigosos mares do Cabo das Tormentas, semeada de perigos de toda a espécie, que abriu definitivamente aos europeus a Rota Marítima para a Índia, de onde vinham bens tão preciosos como as Especiarias, p.ex.

Muitos foram os que partiram, menos os que voltaram. No desconhecido deixaram os seus corpos, mas em Portugal deixaram as suas Almas e os seus Amores.
No sal das praias de Portugal ficou gravado o seu trágico Fado.

Glória eterna a todos os marinheiros, conhecidos ou incógnitos, que desbravaram, e tornaram conhecidos e mais seguros, os 7 Mares.

foto: nau Boa Esperança, fotografada em 25 de Abril de 1992 aquando da regata Colombo © josé antónio 2006.

sexta-feira, julho 07, 2006

DOIS MIL E CINQUENTA E QUATRO E-MAILS...


O fenómeno do Correio Electrónico, vulgarmente conhecido por "E-mail", é extraordinário, pela capacidade de transmitir mensagens quase instantâneas e a qualquer hora do dia ou da noite, entre pessoas que podem estar a milhares de quilómetros umas das outras.
É inegável o papel que desempenha hoje, p.ex., no trabalho das empresas. Não existe nenhuma que se preze que não tenha pelo menos um endereço de e-mail.

A História é omissa e obscura, mas parece indicar que o sistema de e-mail terá sido criado por volta de 1965, numa rede local, só depois invadindo a Internet, com as consequências que lhe conhecemos.
Ao contrário do 'velho' correio físico, que exige envelopes, selos, e deslocações ao marco de correio, o e-mail tem a imensa vantagem de poder funcionar apenas através de um simples clique com o cursor-seta no ícone 'enviar', e isto durante 24 horas e 365 dias por ano.
E se isto o torna muito facilmente manuseável, cria por outro lado um espírito abusivo em muitas pessoas.

Eu explico:
Todos sabem que para reenviar uma mensagem de e-mail basta seleccioná-la e dar um clique em 'Reenviar'.
É esta característica de facilitismo que o torna uma tentação tão grande para algumas pessoas, que sem qualquer critério de escolha, ou valores de respeito, reenviam para TODOS os seus contactos TODOS os e-mails que recebem na caixa de correio.

Vem isto a propósito de uma estatística doméstica que acabei há pouco de fazer.
Tenho um amigo a quem já expliquei que utilizo o e-mail sobretudo para trabalhar, que não me incomoda receber de vez em quando um ou outro e-mail de anedotas, fotografias ou filmes, até lhes acho piada e também reenvio alguns, e recomendei-lhe que, pelo menos, fizesse uma triagem dos mails que reenvia, pois muitos eram porcaria de toda a espécie, como spamm, pornografia e lamechices em PowerPoint que só me faziam perder tempo.
A resposta dele foi simplesmente que não tinha tempo para abrir os e-mails e ver o que continham, e por isso reenviava todos os que recebia para todos os contactos da sua agenda...

Pois é, como eu não posso cancelar a minha conta de e-mail por razões profissionais, lá tive que criar uma regra no meu programa de mail para que todas as mensagens enviadas por ele sigam directas para uma certa pasta, onde se vão acumulando. Podia ter criado uma regra para as apagar pura e simplesmente, mas fiquei curioso em fazer a TAL estatística... vamos a ela!

Este meu amigo enviou-me desde o dia 21 de Novembro de 2005 até ao dia 7 de Julho de 2006, 2054 e-mails!! DOIS MIL E CINQUENTA E QUATRO !!
O que dá nos 229 dias uma média diária de 8,9 e-mails/dia, que não vêm diariamente porque ele costuma mandá-los em revoadas de 2 em 2 ou 3 em 3 dias.
Desnecessário será dizer que não abri nenhum, nem tenciono perder tempo a fazê-lo, até porque os títulos são sugestivos do conteúdo... Vou aguardar até dia 21 de Novembro deste ano para ver quantos e-mails me enviou ao longo de um ano... gosto de fazer estatísticas...

Nota final: Não basta termos que nos defender dos vírus, do phishing, dos hackers, dos spammers, de de quejandos, temos também de nos defender de 'amigos' irresponsáveis e inconscientes!

imagem: © josé antónio 1989

segunda-feira, julho 03, 2006

carta de Terras de Vera Cruz



Eis um excerto duma carta - electrónica - chegada ontem do outro lado do mar, que desejo partilhar convosco:

"Meu caro amigo José Antônio!
(...) Estava lá quando assisti a partida de Portugal. Incrível! Vocês tem um goleiro ma ra vi lho so! Que defesas!
Que charme! E os jogadores que decidiram a vitória! Toda a partida foi emoção pura! Filipão é DEZ! Seus jogadores são DEZ! Todos os portugueses estão de parabéns! Foi uma partida emocionante e vocês merecem! Em você, parabenizo a todos!
Na cidade onde estava, a torcida foi enorme. Todos torciam e sofriam com vocês! E foi bonito ouvir os gritos de vitória a cada defesa do goleiro! Que show! (...)
Sua amiga brasiliense,
(assinatura)"

Isto é que é desportivismo e solidariedade desportiva.
Em meu nome e em nome de todos os portugueses, um MUITO OBRIGADO, amiga brasiliense!!

imagem: pormenor da "Carta de Pero Vaz de Caminha a El-Rei D. Manuel sobre o achamento do Brasil".