terça-feira, agosto 17, 2010

Malditas traças!

digitalização duma traça que não deixei procriar...


Tenho a despensa cheia destas bichas malvadas. É a primeira vez que tal me acontece na vida.


A primeira vez que dei por uma foi há uns meses, dentro duma caixa de Suchard Express! Sim, DENTRO...

Abria-a para me servir e vi um bicharoco a mexer lá dentro no meio do pó. Não percebi logo o que era.

Tirei-o com a colher e deitei-o no lavador. Achei eu. E fiz o copo de leite achocolatado.

Numa segunda vez voltei a ver outro - ou seria o mesmo? Tirei-o de novo com a colher e deitei-o de novo no lavador.


Nunca mais pensei no assunto, até porque nunca mais me servi do Suchard.

Até há uns tempos atrás em que me apercebi da despensa estar minada de traças por todo o lado.

Das leituras que tenho feito, aprendi que além das conhecidas traças da roupa e dos livros, também existem traças dos alimentos, que os contaminam, sendo um deles o chocolate.

Claro que deitei fora a embalagem de chocolate em pó, mas o mal estava feito.


Pergunto-me se aquela embalagem de Suchard Express não viria já contaminada de fábrica, visto que antes de a usar não tinha traças na despensa. Preocupante!


2 comentários:

douglas disse...

eu fis um bolo muito gostoso quando terminei coloquei a cobertura de chocolate depois coloquei o chocolate granulado e vi umas coisas se mexendo quando fui ver era uma traça deu vontade d ataca tudo fora mas ñ ataquei pq tava muito gostoso comi tudo e nem se importei.

José António Baptista disse...

.
Olá Douglas,

Fez muito bem!
Eu faria o mesmo, tirava a traça e comia o bolo.

A mim apareceu numa lata de chocolate em pó ( isto é que traça é gulosa, gosta de chocolate... )
Tirei a traça e matei. Mas guardei a lata para fazer o leite achocolatado. ;)

A vida 'tá cara e não se pode jogar comida no lixo.

Abraço