terça-feira, outubro 04, 2011

Os estudantes javardos



Os estudantes javardos
Restos de comida pelo chão...
[ civismo ]
Oeiras

É frequente, bastante mesmo, alguns estudantes das escolas da Quinta do Marquês irem ao Pingo Doce comprar comida à hora de almoço.
Nada a dizer, é claro. Eles têm que se alimentar.

Quanto muito poderemos criticar o facto de o fazerem com comida de ‘plástico’ ao invés de boa comida caseira, que é muito mais adequada para quem está a crescer.
Mas como sabemos, para a maioria tal é impossível. A alternativa é comerem nas cantinas das escolas, onde a qualidade deixa muito a desejar.

O que originou este artigo não é a questão acima exposta, mas uma outra, que se verifica diariamente e que incomoda bastamente os moradores desta urbanização (Quinta do Marquês).
Por diversas vezes alguns moradores têm alertado os estudantes para o problema, mas eles fazem ‘ouvidos de mercador’ e a situação remanesce.
Pelo que nos é dado observar do nosso prédio ou quando nos cruzamos com eles, são adolescentes na casa dos 15/17 anos, o que indicia que possam ser estudantes do Secundário, da Escola Secundária da Quinta do Marquês.

Acontece que alguns destes estudantes não primam pela boa educação e pelo civismo, deixando os restos da comida e da bebida espalhados nos sítios onde se sentam a comer, como documentam as fotografias abaixo, obtidas hoje, 04-10-2011 às 17h40.

O local é a escada das rampas que ligam a Rua Dr. Manuel de Arriaga à Rua da Quinta da Serra, e que dão acesso ao supermercado Pingo Doce de Sassoeiros.

Observem-se as fotografias:





Ocorre perguntar:

- O que andam os pais e educadores destes jovens a ensinar-lhes?

- A não respeitarem o espaço comum?

- A serem incivilizados?

- A serem porcos?

A serem javardos?!


- - - - -

fotografias © josé antónio comunicação visual, reprodução permitida, se com menção de autor e fonte.

2 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Se fosse só aí...

Infelizmente é o pão nosso de cada dia e não só nesse escalão etário.

consta disse...

interrogo-me se não terás escrito o teu texto demasiado indignado, é que parece-me desproporcionado... a educação também se dá com o exemplo e o teu exemplo parece-me insultuoso. Em que coro cantavas na idade deles?