segunda-feira, junho 20, 2005

bardamerda prós cigarros

Um destes dias irrito-me a sério e deixo mesmo de fumar.
Não, não é por razões de saúde. É que estou farto desta cabrãozada de merda que vive à custa de enganar os outros.

Eu explico:
Fumo Português Suave azul com filtro. Apenas por razões económicas. Porque é o mais barato. Mas a porra destes cigarros são a maior merda que anda aí.
Para começar, fazem uma fumarada do caraças. Cigarro que se preze, depois de aceso e pousado no cinzeiro, fica a deitar uma suave coluna de fumo. É o normal.
Mas estes abusam. Parecem um incêndio num pinhal ou a chaminé do complexo de Sines. E isso é deveras desagradável. Depois, como se não bastasse, sabem mal como a merda.
Não acredito em teorias da conspiração, mas a verdade é que suspeito que os gajos da tabaqueira andam à noite por aí a recolher móveis velhos que as pessoas deitam para o lixo. Móveis que eles levam para a fábrica, desmontam e trituram aquela madeira toda e misturam-na com o tabaco para confeccionarem a marca. Porquê esta suspeita? Porque os cigarros cheiram e sabem a madeira envernizada queimada...

Ora pagar o balúrdio que custa o maço, 2.40 €, para fumar madeira e verniz, PUTA QUE OS PARIU !

2 comentários:

guevara disse...

em espanha L&M são 2.35, bem como Marlboro!

Ora..acho que o Portugues Vermelho não faz isso! São 2.40 à mesma.

José António disse...

Olá guevara, e VIVA EL CHE!

Pois, o vermelho talvez não faça, mas já o experimentei e em contrapartida ainda sabe pior. Bah...

Abraço,