sexta-feira, julho 22, 2005

lei da guerra

Quem passou pela 'guerra' sabe que a 'lei da guerra' é "dispara primeiro e pergunta depois".
A questão do terrorismo em Londres colocou a cidade em estado de guerra.
As forças de segurança cumprem a 'lei da guerra'.
Era inevitável.

Eu faria a mesma coisa.

2 comentários:

LUA DE LOBOS disse...

completa e inevitavelmente

José António disse...

Olá lua de lobos!

O drama da guerra é que nela não existem os 'bons' e os 'maus'. Em nenhuma guerra. Em todas as guerras todos são MAUS. Claro que se quisermos ser cínicos sempre podemos dizer que estamos do lado dos menos maus... mas isso também os do outro lado dizem, né?