domingo, julho 23, 2006

combata o stress sem sair de casa!



O STRESS é uma das doenças modernas da civilização, despoletada pelo ritmo alucinante e insensato em que todos vivemos. E é uma doença que pode ser fatal.
Por isso, se preza a sua saúde, não lhe dê chances, não deixe que ela se instale na sua vida, combata-a! COMBATA O STRESS!!

O que lhe proponho é a construção de um equipamento doméstico muito simples, para instalar em qualquer canto da sua casa, e usar quando sentir que está a ficar stressado/a.

Não necessita de grandes técnicas de construção. Bastam uns poucos materiais, alguns parafusos, e seguir o desenho que fiz para si, o qual é suficientemente explícito. Se quiser introduza-lhe pequenos ajustes à sua medida. Siga as necessidades específicas do seu corpo. Não há normas rígidas.

Depois de construído o equipamento, e instalado, p.ex., num canto da sala ou do quarto, vamos à sua utilização que também é deveras simples como verá.

Assim que se começar a sentir um pouco nervoso/a, ou antes se for capaz de prever que se vai enervar, dirija-se ao equipamento e posicione-se de frente para ele, com os pés ligeiramente afastados (cerca de 30/40 cm.) e com os braços caídos junto ao corpo e descontraídos. Aguarde um pouco para que o STRESS se vá instalando. Esteja particularmente atento/a a sinais como aceleração cardíaca, palpitações, suores frios, tremores das pálpebras, e tudo o que achar que possa ser sintomático. Assim que não tiver qualquer dúvida de que o STRESS lhe entrou no corpo, dê um grito à Tarzan, atire-se, salte com gana na direcção do poste, abrace este com energia, envolva-o com as pernas e amarinhe rapidamente por ele acima. Lá no alto, pare, estenda bem um dos seus braços, e com a mão em concha voltada para cima, APALPE O CU À CANECA!

Não se acanhe e apalpe lascivamente, como se estivesse a apalpar os seios da Dolly Parton (para eles) ou os peitorais do Richard Gere (para elas). Lembre-se: É a sua saúde que está em causa! Não há motivos para vergonhas!

Quando se sentir mais relaxado/a e perceber que o perigo passou, desça do poste - largue lá o cu da caneca, porra...! - e vá continuar a tarefa que entretanto interrompeu.

nota importante: Esta contribuição é health-ware, NÃO envie dinheiro. O meu NIB é: 1234567890987654321...

desenho: © josé antónio 2006

11 comentários:

Sulista disse...

'ganda escultura' sim senhor...atão Amigo...stressaste-te ? num sábado??
e eu a julgar que tinhas partido num dos veleiros....eheheheh


ps- já te enbiei fotos disso mas tens a caixa cheia :-(

Bjocas

"zumba na canena" disse...

Ainda dizem que não há coincidências...

Tinha eu acabado de colocar um post 'anti-stress' lá no 'à rédea solta'... umas pinturas radicais, dependurada das buchas dos andaimes da última limpeza do prédio... e deparo-me com este belo exemplo...

mas olha lá... 2000 mm é curto... eu sou 'mignone' mas basta-me esticar o braço e toco no dito da caneca...

importas-te que aumente o protótipo? :)))
bjs. I.

Isabel Magalhães disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Isabel Magalhães disse...

........ tb gostei da capicua! :)

* I.

Isabel Magalhães disse...

"zumba na caneca"! :)

o stress é do pioriu para a disléxia...! :)))

José António disse...

Olá Sulista,

Estive quase para saltar para dentro dum e esconder-me. Mas depois lembrei-me do destino que se costuma dar aos clandestinos... :)

Eu não stressei, lembrei-me foi que anda muita gente a stressar e quis dar a minha ajuda.

Quanto a caixa cheia... não dei por nada.

bjs,

José António disse...

Olá "zumba na caneca",

Está lá escrito que se pode modificar o equipamento à medida de cada um... :)

5 m. é o ideal, mas quem é que tem uma casa com esse pé direito? Só para quem tem quintal ou um duplex.

bjs,

Isabel Magalhães disse...

Podia-se referendar...

"Escultura anti-stress"

assinada por um artista de Oeiras...

Esculturas há muitas mas esta seria uma escultura 'dois em um'...! A arte aliada ao bem estar dos cidadõas, e a freguesia que reunisse maior número de votos ficava com ela 'em casa'.

ah! e claro que teria o alto patrocinio da CMO.

José António disse...

Olá Isabel,

É uma excelente ideia.
Aceitam-se patrocínios.
Mas se os fossemos pedir a quem mais nos stressa... tinha que ser o próprio governo a patrocinar! Eheheheh...

bjs,

Isabel Magalhães disse...

o (des)governo que temos está mais interessado em arrumar a casa à conta dos que menos têm...

leia-se agravamento dos impostos para os trabalhadores a 'recibo verde'...

José António disse...

Olá Isabel,

É, infelizmente, uma prática a que já nos habituaram há muitos anos.

Os 'outros' diziam: Os ricos que paguem a crise.

Estes dizem: CRISE!? qual crise!? se há alguma os pobres que a paguem...

Estamos entregues à bicharada. Não da boa mas da parasita!

bjs,